Image //www.softwaredecalibracao.com.br/wp-content/uploads/2018/09/beneficios-da-integracao-entre-o-software-de-calibracao-e-os-equipamentos-do-laboratorio.jpg

Benefícios da integração entre o software de calibração e os equipamentos do laboratório

Autores: e Categoria: Laboratório Sem comentários

Imprimir artigo
Ter um software de gestão do laboratório agiliza muito os processos, permite um controle melhor das atividades e prazos e dá mais confiabilidade nas informações obtidas. Além de ter um sistema para gerenciar e realizar calibrações, alguns laboratórios apostam na integração entre os equipamentos e o sistema, dando mais um passo na automatização dos processos.

No artigo iremos citar como a integração entre os equipamentos padrão do laboratório com o software de gerenciamento agiliza e torna as atividades do laboratório mais confiáveis.

Porque integrar o software com o equipamento padrão?

Em uma visita a um dos nossos clientes, um laboratório de metrologia, vimos na prática a integração do software de calibração que eles usam com um padrão usado em calibrações. Em outras palavras, havia um cabo ligando a balança (utilizada como padrão em calibrações de volumetria) ao computador onde está o sistema.

Assim, o próprio software faz a coleta dos valores lidos na balança e registra esses resultados na calibração. Então, ao final de cada leitura, o valor que está no equipamento padrão já aparece no sistema e o técnico não precisa ler e digitar as medições manualmente, evitando os erros humanos e gerando mais confiabilidade no processo.

Vantagens de ter um processo de calibrações automatizado

Vivemos em um mundo onde temos diversos recursos tecnológicos disponíveis para facilitar o dia a dia dos laboratórios. Mas o mais importante sobre a integração de equipamentos com os sistemas de gerenciamento não é a forma como ela ocorre ou a tecnologia que está envolvida, mas sim os benefícios que ela gera para os processos do laboratório. Vejamos alguns deles:

Tenha resultados mais confiáveis

Os processos metrológicos, em si, não são atividades fáceis de serem desenvolvidas e no dia a dia dos laboratórios, muitos técnicos realizam as calibrações sem serem totalmente qualificados na área.

Devido a essa falta de qualificação dos profissionais e pelo excesso de trabalho nos laboratórios, acabam ocorrendo erros durante as calibrações. Esses erros vão desde a digitação incorreta de um resultado do certificado como o próprio olhar do técnico, que deve conferir precisamente o valor lido no instrumento e registrá-lo manualmente no sistema ou planilha.

Em calibração de manômetro analógico, por exemplo, isso se torna delicado, pois o técnico precisa analisar onde está o ponteiro do equipamento para registrar o resultado. Às vezes até mesmo o ângulo de visão pode acabar confundindo o técnico e comprometer o valor lido.

Sendo assim, a integração entre o padrão e o software permite que os resultados sejam registrados automaticamente no sistema e, com isso, evita erros comuns de visualização e de digitação dos resultados. Isso gera mais confiabilidade no certificado de calibração, pois você tem a garantia de que a leitura do padrão foi enviada de forma precisa para o sistema.

Agilize seu processo sem comprometer a qualidade

Imagine uma situação em que o técnico tem cinco calibrações para realizar utilizando um software. Se as calibrações tiverem cinco ciclos e três pontos em cada, seria um total de setenta e cinco valores para digitar, ou seja, setenta e cinco oportunidades de digitar o número incorreto. Sem falar do tempo que ele leva para realizar essas calibrações!

Com a integração de padrões com o software, o técnico pode realizar mais serviços em menos tempo, e não estamos falando de agilizar as calibrações e diminuir a qualidade; pelo contrário, a integração do software com os padrões de referência permite aumentar o número de calibrações do laboratório, garantindo a exatidão dos resultados obtidos, pois evita erros comuns de digitação, tornando o um serviço mais ágil e com um nível de qualidade superior.

Tecnologia no processo metrológico

Muitos laboratórios vivem em meio a papeladas e planilhas, e todos sabemos que esse tipo de situação pode prejudicar muito o rendimento, pois gera retrabalho, desperdício de tempo em atividades manuais, propiciam erros e tornam o processo mais lentos.

Com o uso de tecnologias voltadas a essas áreas (software de calibração, por exemplo) a evolução é constante, uma vez que gera benefícios significativos nas atividades de laboratório e aumenta a produtividade.

Ao mesmo tempo, os clientes desses laboratórios que têm processos rápidos e de qualidade criam uma segurança maior, pois sabem que os instrumentos serão calibrados com ferramentas tecnológicas onde a margem de erro é menor do que em um método manual.

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você refletir um pouco sobre seu processo metrológico e, quem sabe, dar alguns passos na automatização dele. Seria legal saber se você gostou do artigo, então deixe seu feedback ou dúvidas nos comentários. Um abraço e até a próxima.